254

Nova York só para mulheres!

21 de outubro de 2016
2

Em 2013 organizei um grupo de vinte mulheres para passear e fazer compras em Nova York numa data especial: o Black Friday, quando as lojas ficam com até 70% de desconto.

Nossa excursão foi batizada: “Nova York só para Mulheres”.

003

Os homens foram terminantemente proibidos de participar da excursão (motivo óbvio: homens não combinam com compras!)
Tinha mulheres de vários estados (Pernambuco, Rio Grande do Sul, Curitiba e Sergipe) e várias profissões (médicas, arquitetas, advogadas, personal trainers, enfermeira, bancárias e donas de casa). Várias tribos e ideologias, mas todas minhas amigas.

179

A organização rendeu bons trabalhos. A cada mês nos reuníamos para definir o roteiro e compartilhar as listas de interesses, além de diariamente trocarmos informações e dicas em um grupo privado que criamos no facebook.

Bolamos uma logomarca, fizemos camisas padronizadas para todo o grupo, encomendaram 20 cachecóis rosa pink e bottons com a bandeira do Brasil.

Cada uma foi com um objetivo: uma queria aproveitar para decorar a casa
nova, a outra queria trocar o guarda-roupa, outra comprar os presentes de Natal, etc.

Com antecedência, pagamos todas as 10 parcelas das passagens aéreas e da hospedagem, reservamos motoristas, passeio de limousine (para nossa noite de gala), entradas em peças musicais, museus, enfim, o roteiro já estava todo fechado.

Para o Black Friday, agendamos com um motorista (Paulo César) de nos levar às 22h para o Shopping Woodburry que fica há 1 hora de NY (que abrirá a meia noite!) com as maiores remarcações e só voltamos para o hotel às 8h do dia seguinte!

032

Foi a maior noitada de compras que nós já experimentamos na vida.

O sucesso já estava garantido mesmo antes de irmos: basta dizer que já tinha amigas na lista de espera do “NY só para mulheres – ano 2” !

NY só PARA MULHERES 2011 – dia a dia

23/11/11 (quarta-feira)

009Como chegamos na quarta a noite, com pouca bagagem (diferente da volta, que foi recheada de compras…), a idéia era pegar o metrô do aeroporto para o hotel, pois o transfer ia cobrar 40 dólares por pessoa e o metrô seria umas 10x mais barato…. Mas, de última hora conseguimos fechar um bom pacote com o cara da van que nos levaria ao Shopping Woodbury e ele nos apanhou no aeroporto… Contatos do Paulo César: 718. 3078787 e 203. 7399069 e e-mail: pcendo@hotmail.com

24 / 11/ 11 (quinta-feira)

020Desfile do Thank’s Given Day as 9h. Nada de mais para quem tem o carnaval brasileiro, mas é feriado nacional e super respeitado pelos americanos. Demos uma passarinha rápida por la, mas aqui para nós, achamos extremamente sem graça… Apesar de uma multidão de pessoas, realmente,  sem grandes emoções.

030

034

229Como muitas lojas são fechadas neste dia, achamos que a melhor opção seria ir ao Central Park, que é sempre aberto e fazer nosso pic nic. A idéia era estender uma toalha e levar frutas, pães e queijos, mas de cara desistimos pelo frio. Esta é uma dica importante: sempre considere a previsão do tempo, pois tudo pode mudar.

028Fizemos o city tour com o ônibus Hip on- hip off e a tardinha pegamos o barco que dá direito no bilhete do ônibus. Adoramos pois tivemos a oportunidade de ver a ilha de dia e de noite. 105Além disto, de cortesia, tivemos, próximo a Estátua da Liberdade, um por do sol fenomenal! Na volta do barco, fizemos a festa com conversas e risadas que só mulheres podem entender!

156

Descansamos um pouco no hotel e as 22h estávamos entrando na van em direção ao Shopping Woodbury, que fica a 1 hora de NY. Tomamos um red bull pois a proposta era ficar até as 8h da manha no dia seguinte. Por causa do Black Friday, este mall abriria em caráter extraordinário, a meia noite! Muitas das amigas já haviam estudado o mapa do mall e sabíam de cor os números das lojas que queriam ir. Dá para imaginar que lá tem mais de 230 lojas de todos os gostos e tipos? Combinamos que a primeira loja era a sansonite e como praticamente todas queriam comprar malas novas, já de cara conseguimos um preço maravilhoso! E as malas funcionaram como carrinhos de compras

202Nosso motorista ficou no estacionamento nos esperando de forma que a medida que íamos ficando cheias de sacolas, voltávamos ao estacionamento para descarregar! Ele ainda tinha um hidrocor e anotava o nome de cada uma nas sacolas, para que não houvesse troca das compras. Compramos como nunca havíamos comprado na vida! Imagine o que já era barato (dólar na época era 1,96) estava com 75% de desconto e as vezes até mais pela quantidade de mulheres que compravam!

205

Ao contrário do que temíamos, não houve baderna, nem tumultos, pois tudo estava muito organizado. Cada loja tinha um número X de pessoas que podiam entrar e então, formava-se fila do lado de fora para que só pudesse entrar uma pessoa se saísse outra. E o melhor: enquanto aguardávamos nas filas, distribuíram chocolate quente, agua, chocolates, etc e já trocávamos informações e sugestões de mais comprinhas… Tudo que qualquer homem normal detestaria acompanhar, nós estávamos em êxtase! Basta dizer que quando amanheceu o dia, cheias de sacolas, felizes e realizadas, nos abraçamos e choramos de alegria!

25 / 11/ 11 (sexta-feira)

259Nossa chegada ao hotel foi para descarregar a van (lotada), tomar um café rapidinho e dormir a manha toda. A tarde fomos novamente de ônibus Hip on hip off (o ticket do dia anterior ainda era válido) e passeamos no Central Park. O dia estava bem mais bonito e menos frio! Fomos todas com uma camiseta “I love NY” que compramos no dia anterior. Tiramos uma foto no Strawberry fields e o outono parecia ainda mais lindo!

254

039Os EUA, apesar de sempre defenderem a bandeira da liberdade, tem uma regrinha ridícula de não poder beber na rua… Compramos nossas cervejinhas e tomamos no copo de coca-cola… fazer o que, né? Fomos na loja da Apple e na 5 th Avenue. Jantamos no Eatly. Muito agradável!

26 / 11/ 11 (sábado)

277Fomos primeiro visitar o Museu da História Natural durante toda a manhã. Depois pegamos um metrô e fomos conhecer o Bairro do Soho. Muito agradável, gostoso de caminhar. Jantamos num restaurante por lá mesmo. Ainda não comentei aqui sobre o nosso hotel: Ficamos no Edson. Sinceramente não é um hotel novo, os quartos são bem antigos, dividimos para 4 pessoas e conseguimos diminuir bastante os custos. Mas ele tem uma vantagem maravilhosa: a localização! No coração da cidade, a alguns passos da Times Square, inclusive nos rendeu ótimos programas noturnos, pois logo descobrimos que várias lojas ficam abertas durante a noite toda! A diária era 380 dólares o apt triplo ou 412 o quádruplo (tínhamos também a opção do Mildford, com diárias de 431,00 em triplo ou quadrúplo).

234

27 / 11/ 11 (domingo)

038407Começamos o dia passeando, visitamos algumas lojas, almoçamos um típico cachorro quente nova-iorquino, andamos de patins no gelo na frente do Rockfeller Center e subimos, como havíamos reservado com antecedência de 1 mês pela internet, às 16:30h, para visitar exatamente na hora do por do sol. Assim, pudemos ver a cidade que não dorme de dia e de noite!

361

Muito linda de todo jeito! Marcamos presença com a bandeira do Brasil e todas vestidas com a camisa do Brasil!

351

432A noite nos preparamos e ficamos lindas e maravilhosas para fazer o passeio triunfal de limousine. Alugamos 2 (pois cada uma tem capacidade para 10 pessoas) com teto solar, por 100 dólares a hora. Ficou uma pechincha, pois cada uma pagou 10 dólares. Claro que tinha que ter espumante e taças (inclusive estas últimas de acrílico que já havíamos levado do Brasil!) Tudo bem pensado e planejado! Compramos as espumantes gigantes la mesmo numa loja de bebidas alcóolicas e pedimos para gelar no restaurante do hotel. Tudo certo, mas qual o destino? Passear na 5th Avenue! Engraçado era que de repente pedíamos ao chauffeur que parasse, assim, descíamos de uma por uma, depois tirávamos uma foto coletiva, e entrávamos uma a uma de volta no carro! Kkkkkkk Risos e muita diversão que não conseguiria nunca reproduzi-los aqui. Depois de nosso giro de 1 hora entrando e saindo das limousines, fomos jantar no Red Lobster. Muito show!

454

28 / 11/ 11 (segunda-feira)

036-2Visitamos o Museu de Cera e depois fomos no Ground Zero (memorial das Torres Gêmeas). O lugar é impressionante, marcante e pesado. Algumas de nós nem quis ficar muito tempo ali e esperou o resto do grupo mais afastadas. Também visitamos a igrejinha que fica ali do lado e, ao contrário do que aconteceu com todos as outras construções da redondeza das torres, ela se manteve absolutamente intacta, sem quebrar nenhum vidro sequer! Coisas que não dá para explicar mesmo!

027

Depois fomos na Century 21 e em algumas outras lojinhas básicas. A noite fomos ver o Musical do Rei Leão, que havíamos comprado pela internet, com antecedência.

232

29 / 11/ 11 (terça-feira)

051Reservamos o dia inteiro para compras e posso garantir que não sobrou um espaço na mala para um pente…. Apesar do Black Friday ser na sexta, as promoções ainda se mantem por toda a semana! E a noite, fomos para uma baladinha em NY pois afinal, ninguém é de ferro!

046-2 109-2

Assim terminou nossa viagem a terra da Big Apple, que certamente ficou marcada nas nossas vidas, não só pelo que conhecemos, mas principalmente pelo que compartilhamos!

E que venha NY SÓ PARA MULHERES ANO 2 !!!!

712

There are no comments yet. Be the first to comment.

DEIXE UM COMENTÁRIO